O que faz o seu gato se tornar estressado?

Seu gato tenta fugir das pessoas e situações se escondendo pela casa quando está estressado?

Se seu gato está mais sumido do que antes, principalmente quando chegam pessoas diferentes em sua casa, ele pode estar estressado e uma maneira de demonstrar isso é se escondendo atrás de cortinas ou embaixo de armários.

 

Veja ao longo desse artigo 06 casos comuns de estresse em gatos e como evitar que seu gato fique estressado também.

 

gato_estressado

 

O que causa estresse nos gatos?

Entenda quais os principais motivos de estresse em felinos.

 

Algumas situações podem desencadear esses sintomas nos felinos e a melhor forma de ajudar o seu animal é evitá-las. As causas mais comuns de estresse em gatos são listadas a seguir:

 

#1 – Presença de outro animal

Levar outro animal para casa pode ser uma situação que cause estresse.

 

Um bichinho novo na família, principalmente quando é outro gato, pode causar ciúmes e estresse. Por isso, quando trouxer um novo gato para casa, tome cuidados como não forçá-los a fazer amizade no primeiro dia e tornar a relação mais natural.

 

Para fazer esse relacionamento ficar mais fácil, vá brincando com os dois e deixando que eles se aproximem por vontade. Nada de deixar a atenção somente para o novato e esquecer o seu antigo gatinho, isso só vai piorar a situação, criar desavenças e deixar o gato mais estressado.

 

Outro detalhe importante é a disputa pela caixinha de areia, já que os gatos podem brigar por desejarem usá-la na mesma hora. A regra é sempre ter mais caixinhas em casa do que o número de gatos.

 

#2 – Alterações de ambientes

Mudar móveis de lugar, principalmente a cama dele, pode deixá-lo estressado.

 

Mudar o ambiente em que o gato costuma ficar pode deixá-lo insatisfeito, em especial quando muda de casa, levando-o ao estresse. Por exemplo, se ele dormia em determinado local e quer mudá-lo de lá, tente acostumá-lo ao máximo mimando-o com brincadeiras e cafunés.

 

Até mesmo pequenas mudanças de móveis, como tirar um móvel antigo ou comprar uma máquina de lavar, pode deixá-lo estressado, pois está alterando o ambiente em que ele vive.

 

#3 – Alterações em sua rotina

Mudar hábitos e horários de fazer cafuné fazem com que o animal sinta falta e fique estressado.

 

Se toda manhã você faz um cafuné nele, se quando chega do serviço o cumprimenta, se a comida dele é colocada na hora do almoço e de repente você se casa, por exemplo, e esquece desses detalhes, o gato pode ficar estressado, já que isso mudará a sua rotina e ele ficará esperando por algo que não está mais acontecendo.

 

Lembre-se de que os gatos são muito sentimentais e estranharão a mudança de rotina facilmente.

 

#4 – Solidão

Deixá-lo tempo demasiado sozinho em casa quando ele está acostumado com a presença de humanos pode estressá-lo.

 

Um fator que pode causar o estresse no gato é a solidão. Se ele está acostumado com a sua presença durante o dia todo em casa e você muda seu horário de serviço, ele sentirá a sua falta, pois estava acostumado a te ver durante aquele período.

 

Nesse caso, tente deixá-lo com alguém enquanto vai trabalhar e dê atenção a ele quando estiver em casa, para compensar a mudança de horário.

 

[RECOMENDADO] Principais Doenças e Comportamentos Indesejados Do Seu Gato e a Solução Correta << Clique para saber mais

 

#5 – Tédio

A falta de brincadeiras e atividades pode deixar o gato estressado.

 

Sim, os gatos também podem ter tédio se ficarem muito ociosos, por isso, dar-lhes atenção, brincar e comprar brinquedinhos a eles é uma maneira de fazer com que tenham atividades diferentes durante o dia e se sintam felizes.

 

Esse fator deve ser visto com mais cuidado por pessoas que moram em apartamentos, visto que quando há um quintal, o animal pode até se distrair, subindo no muro e vendo o movimento, mas quando fica o dia todo em casa pode se entediar facilmente.

 

#6 – Confinamento

Ter que usar a caixa de transporte é uma situação em que o gato pode se estressar.

Situações em que se sente confinado podem deixá-lo estressado e a mais comum é o uso da famosa caixa de transporte.

 

Geralmente, o confinamento está aliado com uma viagem ou passeio, o que fará o gato ficar preso até durante horas, escutar diversos barulhos, como o som do motor, buzinas, pessoas falando etc. e chegar a um local totalmente diferente. Pode ser bastante traumático esse percurso e a melhor forma é evitar o estresse, treinando o seu gato e dando atenção.

 

Para treiná-lo a usar a caixa de transporte, deixe-o nela dentro de casa para que ele a veja como algo natural e, nas viagens, sempre vá conversando com ele para que fique mais calmo.

 

Entender os motivos pelos quais os gatos se estressam e evitá-los é a melhor prevenção. Caso esses sintomas persistam, busque um veterinário para checar se não há nada mais errado ou se existem outras coisas que possam ser feitas. Um gato calmo é um gato saudável.

 

 Quem leu esse artigo também leu o artigo abaixo ⤵️

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...